Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 20 DE OUTUBRO DE 2014

Email
HOME
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  19/10/2014   TNT vê demanda aquecida e lucro segue na meta - Gunning, presidente mundial da TNT: "Brasil é exemplo de reestruturação".     19/10/2014   África rumo a ser novo eldorado do petróleo - A produção de petróleo na África Subsaariana deverá ultrapassar os 6 milhões de barris por ...     19/10/2014   Sociedade de Portos e Hidrovias no Estado de Rondônia conquista imunidade tributária no Tribunal de Justiça - A Sociedade de Portos e Hid...     19/10/2014   Porto Velho passa administração do Terminal hidroviário à Ahimoc - A Prefeitura de Porto Velho não é mais a responsável pela administraçã...     19/10/2014   Rodovias federais pioraram no governo Dilma - Pioraram, no governo Dilma Rousseff, os indicadores de qualidade da malha rodoviária brasil...     19/10/2014   Pontes e viadutos sob risco - O prefeito Fernando Haddad promete atacar um dos mais graves problemas da cidade - o da recuperação das pon...     19/10/2014   ESTRADAS DESTRUÍDAS - Pesquisa da Confederação Nacional dos Transportes (CNT), recém divulgada, evidencia o descaso com as estradas gaúch...     19/10/2014   Inauguração da Linha 4 do Metrô do Rio será em 2016, diz consórcio - RIO - Mesmo com a paralisação de cinco meses das perfurações da Li...     19/10/2014   Administrador de companhia falida e aberta - A Lei nº 11.101, de 2005, completará dez anos em breve. Nesse período, foram distribuídos 10...     19/10/2014   Economia da longevidade - Terceira idade saudável e aposentada já é boa fatia da população, que sofreu redução brusca da fecundidade: seg...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

27/04/2008

DNIT abre licitação de projetos da Ferrovia Litorânea

Multimodalidade

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

?

0 votos

Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes de SC começou a licitar nesse mês estudos executivos da ferrovia que integrará portos catarinenses. Empresas vencedoras serão definidas até setembro, mas obra de R$ 945 milhões só iniciará em 2010.

O Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (DNIT) de Santa Catarina lançou, em 3 de abril, o edital de licitação dos projetos executivos de engenharia dos dois lotes da Ferrovia Litorânea. A obra de 235 quilômetros ligará as regiões norte e sul da costa catarinense e integrará todos os portos do estado: Itapoá, São Francisco do Sul, Navegantes, Itajaí e Imbituba. De acordo com o superintendente do órgão federal em SC, João José dos Santos, as propostas das licitantes serão abertas em 90 dias. "Em 120 a 150 dias deveremos ter as empresas vencedoras definidas", declara. As escolhidas terão dois anos para concluir os trabalhos, avaliados em R$ 15 milhões - os recursos estão previstos no orçamento da União deste ano.

O superintendente João Santos acredita que os projetos possam ficar prontos em até um ano e meio, o que possibilitaria o começo da construção da Ferrovia Litorânea ainda em 2010 - a obra está estimada em R$ 945 milhões. Além de ligar os portos de SC, a ferrovia vai integrar a ferrovia Tereza Cristina, no sul do estado, ao Sistema Ferroviário Nacional, aumentar a competitividade dos pólos agroindustriais de Tubarão e Criciúma, e oferecer um novo modal de escoamento para os setores de carvão e cerâmica.

O planejamento da obra foi dividido em dois lotes. O primeiro deles vai de Imbituba até Tijucas, cidade da Grande Florianópolis, tem 120 quilômetros de extensão e projeto avaliado em R$ 7,8 milhões. O outro lote parte de Tijucas para chegar à junção com a linha férrea da América Latina Logística (ALL), que liga Mafra ao porto de São Francisco do Sul. Esse trecho terá 115 quilômetros e o seu estudo executivo custará R$ 6,9 milhões.

As empresas interessadas em participar da licitação devem entregar a documentação e as propostas até 21 de maio. O DNIT permite a participação em consórcio e que a mesma companhia dispute o contrato dos dois lotes. As vencedoras serão escolhidas com base no preço e na parte técnica, e caberá a elas definir o melhor trajeto dos trilhos, que será paralelo à rodovia BR-101.

Santos afirma que a Ferrovia Litorânea passará próxima a centros urbanos, mas evitará pontos de trânsito de automóveis. Ele admite que contornos serão necessários em locais mais populosos, como Balneário Camboriú e Florianópolis. "Na região da capital, a ferrovia seguirá o contorno rodoviário que está sendo estudado", comenta o dirigente do DNIT-SC.

Na opinião dele, a construção da ferrovia deve levar em torno de quatro anos, caso tenha o mesmo ritmo de obras da duplicação do trecho sul da BR-101 em Santa Catarina. Assim que a Litorânea ficar pronta, o DNIT trabalha com a possibilidade de interligá-la ao Porto de Paranaguá (PR) através de um ramal ferroviário.

O departamento de SC também está estudando a proposta de outra grande obra, a Ferrovia Oeste-Leste, mais conhecida como Ferrovia do Frango porque facilitaria o escoamento de produtos do pólo de proteína animal que existe no oeste do estado, de empresas como a Sadia, Perdigão e Aurora. "Acredito que se busque uma licitação do projeto executivo ainda esse ano", prevê o superintendente João Santos, que acha viável construir essa ferrovia ao mesmo tempo que a Ferrovia Litorânea.

Para este ano, Santa Catarina terá o início das obras de dois contornos ferroviários para desafogar o trânsito em cidades do litoral norte. Um deles será construído em São Francisco do Sul dentro de 60 dias, com previsão de término para 2009, e terá 8,4 quilômetros de extensão - até o momento, já foram emprenhados R$ 26,7 milhões, provenientes do Programa de Aceleramento do Crescimento (PAC).

O contorno ferroviário de Joinville, principal pólo econômico de SC, começará a ser construído em 90 dias e também deve ficar pronto em 2009. O investimento foi estimado em R$ 44,3 milhões e o governo federal já empenhou R$ 23 milhões através do PAC. Outro contorno está previsto para ser feito em Jaraguá do Sul, a partir do ano que vem.

 

Por NetMarinha - Rodrigo Schmitt - Florianópolis

 

Qual a sua avaliação?

0 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Recomendar   Imprimir

Clique para ampliar

Leia Também

Porto Velho passa administração do Terminal hidroviário à Ahimoc

Inauguração da Linha 4 do Metrô do Rio será em 2016, diz consórcio

Emirates reclama da cobrança de imposto no Brasil

Delta renova frota, reforça o caixa e amplia oferta para América Latina

Embraer já produz peças para nova linha de jatos

TNT vê demanda aquecida e lucro segue na meta

África rumo a ser novo eldorado do petróleo

Sociedade de Portos e Hidrovias no Estado de Rondônia conquista imunidade tributária no Tribunal de Justiça

Rodovias federais pioraram no governo Dilma

Pontes e viadutos sob risco

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

UFRGS

Federasul

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística