Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 28 DE MAIO DE 2016

Email
HOME
QUEM SOMOS
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  28/05/2016   Cronograma de manutenção das rodovias federais no RS - Em continuidade às ações de manutenção nas rodovias federais do Rio Grande do Sul,...     28/05/2016   Librelato sente retomada e volta a contratar em abril - Depois de tocar o "fundo do poço" em 2015, a Librelato, fabricante de implementos...     28/05/2016   Caoa vende 15% mais HB20 em 2016 - Rede de 30 lojas alcança 19% das vendas da Hyundai Motor Brasil.     28/05/2016   Hyundai é líder em BH e Renault em Curitiba - São as únicas marcas novas que lideram em capitais de Estado.     28/05/2016   Estatísticas furadas atrapalham estimativas - Frota real é 35% menor que a divulgada pelo Contran.     28/05/2016   PROJETOS ESTIMADOS EM 20 BILHÕES DE REAIS VÃO MUDAR OS PARADIGMAS DO TRANSPORTE MARÍTIMO - Nos próximos anos, os investimentos em Termina...     28/05/2016   Self Storage: uma solução para os grandes centros - Guarde Perto abre nova unidade no Centro do Rio de Janeiro.     28/05/2016   Farol baixo pode evitar acidentes - ESPECIALISTAS DEFENDEM LEI que determina o uso da luz durante o dia e vigora a partir de 8 de julho.     28/05/2016   Órgãos orientam que condutores já adotem o uso - Tanto Polícia Rodoviária Federal (PRF) quanto Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRB...     28/05/2016   Plano de racionamento de água já atinge 40 municípios do Ceará - Plano traz informações e propostas acerca das cidades afetadas pela seca...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

06/04/2005

Motoristas devem renovar MOPP no vencimento da CNH

Política

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

7,9

48 votos

Uma nova resolução do Contran a 168 publicada no dia 14 de dezembro de 2004 - e que substitui a resolução nº 91 de 1999 - dará mais prazo para os motoristas fazerem a reciclagem do curso de Movimentação de Produtos Perigosos, o MOPP. Agora o prazo foi estendido até a validade da CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Pela resolução 91 publicada em 1999 todos os motoristas que transportam produtos perigosos que fizeram o curso MOPP antes de 1999, deveriam renová-lo até o dia 1º de abril de 2005, já que a validade do curso, que antes era indeterminada, passaria a ser de cinco anos.

Se não tivesse havido a revogação o setor passaria por um grande problema já que grande parte dos motoristas, pelo menos metade segundo algumas pesquisas, ainda não fizeram esta reciclagem.

O SEST/SENAT, principal órgão responsável pelo treinamento dos motoristas, já havia previsto que não haveria tempo de reciclar todos os motoristas até o dia 1.º de abril.
A gravidade do problema cresceria ainda mais em função dos motoristas que transportam cargas perigosas terem que respeitar outra lei: a Lei Federal nº 9.605, de 1998, que trata de crimes ambientais.

Segundo ela o motorista que não portar a credencial do MOPP e não estiver com a reciclagem em dia comete uma infração que tem como pena a reclusão de 1 a 4 anos além da multa de 617 Ufir, o equivalente a R$ 660,00.

A empresa transportadora e o dono da carga também serão responsabilizados.
Com a nova resolução a exigência da reciclagem do MOPP deverá coincidir com a validade da Carteira de Habilitação. O prazo, portanto, não é mais 1.º de abril de 2005.
Segundo fontes ligadas a Polícia Militar de São Paulo este deverá ser o entendimento da fiscalização a partir do dia 1.º de abril.

Ele ficará mais elástico, mas as sanções para quem não tiver a reciclagem continuam as mesmas.

Veja parte do conteúdo destas resoluções e a integra no site do Contran: www.contran.gov.br

RESOLUÇÃO Nº 168, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2004

Estabelece Normas e Procedimentos para a formação de condutores de veículos automotores e elétricos, a realização dos exames, a expedição de documentos de habilitação, os cursos de formação, especializados, de reciclagem e dá outras providências.

Art. 44. Revogam-se as Resoluções Nos 412/68, 491/75, 520/77, 605/82, 800/95, 804/95, 07/98, 50/98, 57/98, 85/99, 90/99, 91/99, 93/99, 98/99 e 161/04, artigo 3º e seu parágrafo único da resolução 700/88 e itens III e IV do artigo 13 da Resolução 74/98.

VIII - DA VALIDADE

- Os cursos especializados deverão ter validade de no máximo de 5 (cinco) anos, quando os condutores deverão realizar a atualização dos respectivos cursos, devendo os mesmos coincidir com a validade do exame de sanidade física e mental do condutor;

- A fim de que se possam compatibilizar os prazos dos atuais cursos e exames de sanidade física e mental, sem que haja ônus para o cidadão os cursos já realizados, antes da publicação desta resolução, terão sua validade estendida até a data limite da segunda renovação da CNH;

- Na renovação do exame de sanidade física e mental, o condutor especializado deverá apresentar comprovante de que realizou o curso de atualização no qual está habilitado, registrando os dados no órgão ou entidade executivo de trânsito do Estado ou do Distrito Federal;

- O condutor que não apresentar comprovante de que realizou o curso de atualização no qual está habilitado quando da renovação da CNH, terá automaticamente suprimida a informação correspondente;


Lei nº 9.605, de 12.02.98

Dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, e dá outras providências.

Art. 56. Produzir, processar, embalar, importar, exportar, comercializar, fornecer, transportar, armazenar, guardar, ter em depósito ou usar produto ou substância tóxica, perigosa ou nociva à saúde humana ou ao meio ambiente, em desacordo com as exigências estabelecidas em leis ou nos seus regulamentos:

Pena - reclusão, de um a quatro anos, e multa.

§ 1º Nas mesmas penas incorre quem abandona os produtos ou substâncias referidos no caput, ou os utiliza em desacordo com as normas de segurança.

§ 2º Se o produto ou a substância for nuclear ou radioativa, a pena é aumentada de um sexto a um terço.

§ 3º Se o crime é culposo:

Pena - detenção, de seis meses a um ano, e multa.

 

Por Revista Carga Pesada

 

Qual a sua avaliação?

5 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Recomendar   Imprimir

Clique para ampliar

Leia Também

Justiça mantém bloqueio de 10% das ações da Abengoa no linhão Madeira

Governo sugere acabar com poupança do pré-sal e limitar gastos públicos

Presidente da Petrobras será nomeado após teste de integridade, diz fonte

Fornecedoras de tubos para a Petrobras na mira da 30.ª fase

Wellington Fagundes afirma que é preciso superar a crise política e melhorar a logística de transporte

Cronograma de manutenção das rodovias federais no RS

Librelato sente retomada e volta a contratar em abril

Caoa vende 15% mais HB20 em 2016

Hyundai é líder em BH e Renault em Curitiba

Estatísticas furadas atrapalham estimativas

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

Federasul

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística