Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 23 DE FEVEREIRO DE 2018

Email
HOME
QUEM SOMOS
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  21/02/2018   Procon quer reduzir tarifa da Trensurb - EMPRESA SINALIZOU possibilidade de diminuir valores, cujo aumento foi de 94% neste mês.     21/02/2018   Coleta itinerante de eletrônicos - A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos promove no próximo sábado, a Coleta Itinerante de Resíduos ...     21/02/2018   Obras da Copa voltam ao horizonte - Prefeitura assinou empréstimo com Banrisul de R$ 120 milhões para pagar construtoras que haviam parad...     20/02/2018   GM vai aumentar produção em São Caetano, que terá carros inéditos a partir de 2020 - Dentro de 1 ano, montadora passará a fabricar 330 mi...     20/02/2018   INFRAERO LANÇA LICITAÇÕES NO SUL - A Infraero publicou os editais de licitação para a concessão dos terminais de carga (Teca) dos aeropor...     20/02/2018   AMAZON NEGOCIA GALPÃO NO BRASIL - O grupo americano de varejo online Amazon.com está transferindo as operações logísticas no Brasil para ...     20/02/2018   ALCIS É PARCEIRO GOLD DA ORACLE - A ALCIS, sócia-apoiadora da Abralog, iniciou em 2017 um processo de certificação na ORACLE. Registrou o...     20/02/2018   CNL SERÁ JUNTO COM A INTERMODAL - Nova parceira da UBM, a Associação Brasileira de Logística, a Abralog, realiza sua XXI Conferência Naci...     20/02/2018   2018: ano de investir no transporte - Leia a primeira parte da entrevista concedida pelo presidente da CNT, Clésio Andrade, à edição de j...     20/02/2018   Presidente da CNT fala sobre os 25 anos do SEST SENAT - Leia a segunda parte da entrevista de Clésio Andrade concedida à Revista CNT Tran...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

15/03/2005

Estratégias de Previsão de Demanda

Destaques

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

8,99

4 votos

Vários são os fatores avaliados pelos clientes, como por exemplo: preço, garantia, prazo de entrega, funcionalidade, praticidade no uso e outros.

“Nunca se tem certeza da quantidade a ser solicitada pelos clientes e da quantidade a ser enviada para armazenagem.”

A previsão de demanda é difícil de ser acertada e é um assunto crítico, pois é baseado na previsão que é feito todo o planejamento da organização . Se a previsão for menor que a demanda, pode ocorrer falta de produtos e, se a previsão for maior que a demanda, podem surgir estoques excessivos.
2.O processo de planejamento
É recomendado que o processo de planejamento seja contínuo, devendo-se sempre ter uma boa noção da situação presente, uma visão de futuro e os objetivos que devem ser alcançados devem ser bem claros.
Com o passar do tempo a visão de futuro deve ser deslocada de forma que o horizonte fixado se mantenha constante. A seguinte dinâmica é sugerida :

- passo 1: levantamento da situação presente, fotografar a situação em que se encontram as atividades e os recursos para que esta esteja presente no processo de planejamento;
- passo 2: desenvolvimento e reconhecimento da visão de futuro, com ou sem nossa intervenção;
- passo 3: tratamento conjunto da situação presente e da visão de futuro, por alguma lógica que transforme os dados coletados em informações para tomada de decisão;
- passo 4: tomada de decisão gerencial: o que, quanto, quando produzir e comprar e com que recursos produzir;
- passo 5: execução do plano: período em que as decisões vão tomando efeito
Como nem sempre as coisas acontecem como foram planejadas,em determinado período é prudente tirar outra fotografia da situação presente e voltar ao passo 1.
Não existe uma receita pronta para a definição do horizonte de planejamento, pode-se então utilizar a prática de considerar aquele ponto no futuro onde as decisões do presente têm pouca ou nenhuma influência.
O horizonte de planejamento pode ser subdividido em diferentes espaços de tempo. Isso é possível porque as decisões têm diferentes inércia – tempo necessário para que as decisões tenham efeito. Num primeiro nível, estão as decisões de longo prazo – maior inércia. Procura- se trabalhar com famílias de produtos.  Em um segundo nível estão as decisões de médio prazo, cujas decisões são restringidas pelas decisões de longo prazo, existindo um nível a mais de desagregação, onde se trabalha com os produtos de forma individualizada. Em um terceiro nível têm-se as decisões de curto prazo, onde se trabalha com os componentes que formam os produtos.

Quanto ao nível de agregação no processo de previsão, a literatura sugere um maior nível de agregação de produtos quando o horizonte de tempo é maior. Dessa forma, quanto maior for o período de previsão, maior deve ser a agregação, pois os erros a menor de alguns produtos tendem a anular os erros a maior de outros produtos.
Figura 1 - Sub-horizontes dentro do horizonte de planejamento

Fonte: Adaptado e expandido de CORRÊA e GIANESI (1997), pelo autor
O horizonte de planejamento pode ser subdividido em diferentes intervalos.

Fonte: Adaptado e expandido de CORRÊA,  GIANESI e CAON (2000).,pelo autor.

Para o curto prazo alguns autores recomendam a utilização de métodos estatísticos baseados em médias ou no ajuste de retas. Já para os períodos de médio e longo prazo recomenda-se a utilização de modelos explicativos e econométricos.
Na sua maioria os métodos de  séries temporais são usados em previsões de demanda por serem de relativa simplicidade .

3. Fontes de Erro de Previsão
Erros podem ter várias origens, sendo uma das mais comuns  a projeção de tendências passadas para o futuro quando usado em análise de regressões, nem sempre o intervalo de confiança pode ter sido adequadamente projetado, como o intervalo de confiança determinado por dados do passado nem sempre pode representar o futuro .

Os erros podem ser classificados como aleatórios ou como sistemáticos.

São chamados erros sistemáticos quando acontece um equivoco constante, por exemplo a previsão de demanda é sempre muito alta. Algumas causas destes erros podem ser: (a) falha na inclusão de valores corretos;(b) utilização de relacionamentos errados entre as variações ;(c) emprego da linha de tendência errada;(d) localização da demanda sazonal em pontos diferentes de onde ele normalmente ocorre e (e) existência de algumas tendências  seculares indeterminadas. Os erros aleatórios são simplesmente definidos como aqueles que não podem ser explicados, referenciados como um “ruído” no modelo.
4. Rastreamento da Previsão
As previsões geralmente são erradas. Se houvesse uma maneira para determinar a qualidade da previsão, seus métodos poderiam ser aperfeiçoados e seria possível fazer estimativas melhores sobre os fatores de erro.  O rastreamento da previsão é o processo que compara a demanda real com a previsão, tendo como resultado o   Erro da Previsão que a própria diferença entre a demanda  real  e a prevista podendo ocorrer por duas maneiras:  por viés e variação aleatória.

Erro de previsão: É a diferença entre a demanda real e a prevista .O erro pode ocorrer de duas maneiras: variação por viés e variação aleatória.

Variação por viés – a demanda real acumulada poder não ser igual à prevista.
Considerando os dados da tabela 1 a demanda real varia em relação a previsão e no período de seis meses a demanda acumulada esperada em 120 unidades.
O viés existe quando a demanda acumulada real varia em relação à previsão acumulada. Isso significa que a demanda média prevista estava errada. No exemplo da tabela 1 demanda média prevista foi de 100 unidades, mas a demanda real foi de 720/6=120 unidades.

         Mês Prevista Real
Mensal Acumulada Mensal Acumulada
1 100 100 110 110
2 100 200 125 235
3 100 300 120 355
4 100 400 125 480
5 100 500 130 610
6 100 600 110 720
total 600 600 720 720
Tabela 1 - Vendas previstas x Vendas reais em viés
Fonte: Adaptado e expandido de ARNOLD (1999), pelo autor


Variação aleatória - Em um dado período ,a demanda real varia em torno da demanda média. A variabilidade dependerá do padrão de demanda do produto.  Alguns produtos têm uma demanda estável e a variação não é grande. Outros produtos têm uma demanda instável e sua variação é grande.


A satisfação do cliente é o ponto chave para a sobrevivência de qualquer organização, independente do seu ramo de atividade, produto ou serviço. Se a previsão não for de boa acuracidade, o planejamento não é eficiente, pois o mesmo é baseado em previsões.


No próximo artigo discutiremos a Gestão de Estoques.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

CORRÊA, H.L.; GIANESI, I.G.; CAON, M. Planejamento, Programação e Controle da Produção – MRPII/ERP –: Atlas, 1997. CHING, Yuh Hong. Gestão de Estoques na Cadeia de Suprimentos. São Paulo: Atlas, 1999.
KOTLER, Philip;Marketing Management:Milenium Edition,Tent Edition,2000 by Printice Hall,Inc.
MOREIRA, Daniel Augusto. Administração da produção e Operações. 2ª ed. São Paulo:Pioneira, 1996.

 

Por Silvio Alvim

 

Qual a sua avaliação?

0 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Compartilhar

Clique para ampliar

Leia Também

TCU, burocracia e eleições empurram leilões para 2019

Setor portuário cresceu 8,3% em 2017

Geração eólica cresce 26,5%

O que acontecerá se os EUA ultrapassarem a Arábia Saudita como maior produtor de petróleo do mundo

Índice ABCR avança 0,2% em janeiro de 2018

Procon quer reduzir tarifa da Trensurb

Coleta itinerante de eletrônicos

Obras da Copa voltam ao horizonte

GM vai aumentar produção em São Caetano, que terá carros inéditos a partir de 2020

INFRAERO LANÇA LICITAÇÕES NO SUL

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística